Andarilhos virtuais...

5 de outubro de 2008

OVIDIANA



Stradono - Penélope Tecendo


As lágrimas
revelam a dor.
Num tiro certeiro,
Eros atinge,
impiedosamente,
meu peito.

A flechada
fez-me sentir
como libélula
que, atraída
pela luz,
roda em torno
das chamas.
E só pode
confessar o
mais profundo
sentimento para
aquele que a
acendeu.

Inspirada em
Penélope,
busco inúmeros
artifícios para
fugir dos
pretendentes.

Em noites
solitárias,
ela cansava
as mãos de
viúva com
a mortalha
inacabada
de Laerte.

Eu, em dias
vazios, busco
o corpo das
palavras
incompletas.
Roubou-lhe
beijos
ludibriados
pelos lábios
invisíveis.

Um comentário:

Marden disse...

Perfeito lala curto e simples, amei as alusões

bjs

Marden